quinta-feira, 26 de abril de 2012

Toda forma de amar



 por Eder Ferreira

amor sereno
tão pleno
ilógico
ameno

amor selvagem
impuro
tão claro
escuro

amor silvestre
campestre
passado
rupestre

amor senil
anil
tão jovem
maduro

amor sônico
platônico
audível
catatônico

amor igual
diferente
ausente
mortal

amor que cresce
desaparece
mas volta
casualmente

amor distante
relevante
puro
ofegante

amor verbo
a conjugar
o delirante
poetar

amor que é
em si
toda forma
de amar

3 comentários:

  1. Amar é sempre a melhor opção, não importa de que forma seja...

    Amei, sigo eu blog

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela leitura e comentário!

    ResponderExcluir
  3. Interesante.Me gusta. Un gusto visitarte amigo.

    ResponderExcluir